A força do Cinza

A cor neutra é multifunção. Pode ser pano de fundo para uma decoração colorida e despojada ou acompanhar tons sóbrios, como o preto, e criar ambientes mais sérios.

Image

Percorrendo todo o apartamento, a prateleira – onde está a palavra music – dá unidade ao espaço. Nela, há spots com lâmpadas de LED. Originais do imóvel, os tacos foram recuperados. Casa do arquiteto Diogo Oliva (Victor Affaro / Casa e Jardim).

Image

Na sala de estar, gamas de cinza e objetos rústicos deixam o ambiente com ar industrial. As letras, posicionadas despretensiosamente, dão charme à produção (Editora Globo / Editora Globo).

Image

O apartamento de 100 m² foi projetado para um homem que curte móveis modernos e arte. Sem excessos, a decô enfatiza as obras e as peças de design escolhidas a dedo, em uma atmosfera que envolve tons neutros. O projeto é do arquiteto Matheus Ribeiro (Marcelo Magnani / Casa e Jardim).

Image

Ao buscar um olhar jovem e masculino para este quarto de 24 m², a arquiteta Juliana Grave escolheu a cabeceira de couro preto, que combina com os tons escuros do resto da decoração e da parede cinza-chumbo (Edu Castello / Casa e Jardim).

Image

No projeto da arquiteta Claudia Haguiara, o acesso aos quartos, no pavimento superior, se dá pela escada de concreto solta na sala depois da demolição das paredes que a envolviam. Para dar acabamento, a profissional aplicou o tecnocimento nos degraus e na base (Christian Maldonado / Casa e Jardim).

Image

A cozinha desta casa de 276 m², com balcão e armários brancos, fica ainda mais clara com os raios de sol que entram através da janela redonda, voltada para a rua. O projeto é da arquiteta Claudia Haguiara (Christian Maldonado / Casa e Jardim).

Image

No projeto de reforma desta casa, o arquiteto Paulo Mendes da Rocha optou por vigas de concreto na sala de estar. O espaço, decorado pelos designers Gerson de Oliveira e Luciana Martins, possui estantes metálicas na maioria das paredes (Leonardo Finotti / Casa e Jardim).

Image

Neste apartamento de 140 m², o designer de interiores Gustavo Jansen propõe um espaço 100% masculino, usando cores neutras e discretas. Na parede da sala, o cinza: a mesma cor usada no sofá Vice-Versa, da Ovo (Marcelo Magnani / Casa e Jardim).

Image

Ao contrário da crença geral, o piso preto e as paredes em tom grafite parecem aumentar este dúplex decorado pelo próprio proprietário. Os tons escuros suavizam os objetos de cores vivas e móveis leves e versáteis (Marcelo Magnani / Casa e Jardim).

Image

A sala é integrada à área externa pela abertura (à esq.) da porta de correr e pela transparência do vidro fixo, instalado nas janelas baixas nas laterais da lareira. Todo o volume de alvenaria tem acabamento de tecnocimento (Christian Maldonado / Casa e Jardim).

FONTE: Casa & Jardim

Anúncios

2 pensamentos sobre “A força do Cinza

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s